Diversão compartilhada com #GoProForRoxyGirls

8 de abril de 2015
Roxy Brasil GoProForRoxyGirls

Diversão deve ser compartilhada, e pensando nisso, preparamos uma promoção irada para você gravar suas aventuras e mostrar pra todo mundo. Em parceria com a GoPro, premiaremos três garotas que expressarem da maneira mais criativa nosso lifestyle através de vídeos no Instagram com a hashtag #GoProForRoxyGirls. Avaliaremos, além da ideia, a qualidade do vídeo. Então vamos caprichar, ok?

Vai ser fácil para você que adora passar o dia na praia, surfando ou olhando o mar, andando de skate, pedalando, correndo, mexendo o corpitcho e sabe muito bem como se divertir dentro e fora d’água. O concurso cultural começa hoje (08/04) e vai até o dia 08/05. Você tem um mês para pensar numa ideia bacana e colocá-la em prática. A divulgação do resultado deve ser feita até o dia 15 do mesmo mês.

Roxy Brasil GoProForRoxyGirls

Roxy Brasil GoProForRoxyGirls

Deixe a energia fluir, junte as amigas e nos mostre o que fazem para se divertir! O primeiro lugar ganhará GoPro Hero4 + mochila, o segundo lugar leva pra casa mochila + estojo + moletom Roxy e a terceira colocada ganha mochila Roxy.

Não espere até o último minuto para participar deste concurso que é a sua cara! ;)

Roxy Brasil GoProForRoxyGirls

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Postado em: Blog

31 comentários



Chloé Calmon nas Ilhas Marshall

6 de abril de 2015
Roxy Brasil Chloe Calmon Ilhas Marshall Em busca do último Paraíso

A aventura da Chloé Calmon começou há alguns dias, e o objetivo era conhecer lugares novos e desbravar boas ondas nesse paraíso que é a Micronésia. Nossa garota nos contou alguns detalhes da vida no mar e dos picos em que já surfou e mergulhou até agora.

Roxy Brasil: Lugar que mais gostou até agora?

Chloé Calmon: Ilhas Marshal, onde surfei as melhores ondas e o lugar mais lindo e perfeito que eu já vi! Atol Nuguria, na Papua Nova Guiné. Chegamos em meio ao ciclone, dia nublado e chuvoso, mas mesmo assim me encantei com o lugar, o azul turquesa em volta da ilha é encantador!

Roxy Brasil Chloe Calmon Ilhas Marshall Em busca do último Paraíso

Roxy: Morando em um barco, qual é o lado bom e ruim disso tudo?

Chloé: O lado bom é a praticidade, podemos ir para onde quisermos, atrás das melhores ondas. Às vezes ancoramos o barco em frente ao pico! O lado ruim é dormir durante uma travessia. Em alto mar tem muita ondulação e vento então o barco balança muito. Tenho que me contrair toda pra não cair da cama, mas depois de um tempo você se acostuma com o balanço.

Roxy: Por onde você já mergulhou?

Chloé: Mergulhei em diversos atóis das Ilhas Marshall e da Micronésia. Encontramos vários naufrágios da Segunda Guerra Mundial, como aviões e navios. Vi vários tubarões e uma arraia manta bem grande. Comecei a mergulhar esse ano, e estou amando, pois me abre as portas para o infinito, o mundo debaixo d’água! Eu sempre senti que tinha uma relação forte com o mar através do surf, mas agora mergulhando me sinto quase um peixe!

Roxy Brasil Chloe Calmon Ilhas Marshall Em busca do último Paraíso

Roxy: Onde pegou as melhores ondas até agora?

Chloé: Nas Ilhas Marshall. Pegamos altas ondas, esquerdas e direitas, e nos maiores dias tinha uns dez pés! Foram as maiores e mais desafiadoras ondas que já surfei. Teve um dia que de manhã quebrei minha melhor prancha, mas nem deu tempo de ficar triste, sai da água e peguei um longboard emprestado do capitão Martin e voltei pra água. Peguei altas ondas o dia inteiro!

Roxy: Quantas pranchas levou para a trip?

Chloé: Dois longboards, um stand up paddle e um mini Simmons.

Roxy Brasil Chloe Calmon Ilhas Marshall Em busca do último Paraíso

Roxy: Como é viver 24 horas na água?

Chloé: Está sendo a experiência de vida! Eu nunca tinha feito uma viagem de barco, então não sabia se eu ficaria enjoada. Ainda bem que não enjoei nenhum dia! Os primeiros momentos são os mais difíceis, mas acostuma, você se pega lavando louça ou tomando banho sem se ligar tanto com o balanço. Eu aprendo várias coisas novas a cada dia, e as situações mais marcantes pra mim são as que eu tenho mais medo. Por exemplo, surfar uma onda de dez pés no coral ou mergulhar a 35 metros de profundidade, me dá medo no início, mas a sensação de ter superado meus limites é maravilhosa!

Roxy Brasil Chloe Calmon Ilhas Marshall Em busca do último Paraíso

Como foram muitas respostas iradas, dividimos a entrevista em duas partes. Se aqui você leu sobre a vida em alto mar, os melhores picos de surf e as pranchas que a Chloé usou, fique esperta que na próxima parte falaremos sobre a dificuldade do contato com a família, a falta de rotina na viagem e o que ela aprendeu nesta trip. As próximas respostas você pode ler no nosso blog, ainda essa semana. Já estamos ansiosas :D <3

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Postado em: Blog

1 comentário



Dicas de como organizar a sua mala

1 de abril de 2015
Roxy Brasil Organizar as malas

Cada um tem seu jeitinho, mas nós que vamos para a praia sempre, temos algumas dicas especiais que prometem descomplicar sua vida pra sempre. Antes de tudo, pegue um papel e anote tudo o que lembrar que pode precisar.

Roupas íntimas: calcinhas, sutiãs, meias. Roupas: blusa manga curta e longa. Short/saia, bermuda esportiva, calça de moletom, vestido e jeans. Flanela, jaqueta e casaco. Nos pés: chinelo, rasteirinha, sandália de salto alto, tênis esportivo e casual.

Roxy Brasil Organizar as malas Kelia Moniz

Para o surf: prancha, pé de pato (se usar), parafina, leash, vest/short/long. Na bolsa de praia: óculos de sol, biquíni, canga, protetor solar para corpo e lábios, livro, carregador de celular, ipod.

Roxy Brasil Organizar as malas Kelia Moniz Monyca Eleogram

Nécessaire: xampu, condicionador, sabonete, desodorante, esfoliante, cremes hidratantes, escova de cabelos, creme dental, escova de dente, – além de remédios e mais alguma coisa que julgar necessário.

Roxy Brasil Organizar as malas Kelia Moniz

A partir daí, você vai ver quantos dias vai passar fora de casa, decide entre levar mochila ou uma mala pequena. Depende também se no seu destino vai fazer calor ou frio – consulte a previsão do tempo para evitar surpresas! Outras coisas que interferem é se vai surfar ou não, praticar aquela corridinha para não perder o ritmo da semana, etc.

Roxy Brasil Organizar as malas Kelia Moniz Lisa Andersen

Com essa listinha ficou moleza, não é garotas? Outra dica é mesclar roupas que combinem com mais de uma opção, para reaproveitar seu look e o espaço na mochila. Agora é se organizar e curtir a sua surf trip com as amigas numa boa. ;)

FONTE: Fashion Bubbles, Capricho

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Postado em: Blog

0 comentários



Pular corda mantém a forma e o ritmo

30 de março de 2015
ROXY BRASIL pular corda

Assim como o roller e o patins, outra brincadeira de criança que promete te deixar em forma brincando é pular corda! O lado bom é que, com os dias mais frios chegando com o outono, esta prática pode ser feita em qualquer lugar, dentro ou fora de casa. Na academia ou no seu próprio quarto.

Prático, eficiente, fácil de levar para onde for e muito útil para manter você com fôlego para o surf, pular corda tem o mesmo objetivo que patinar. Além disso, é curtir um exercício físico, de maneira tranquila e relaxante, que por consequência ajuda você a manter a forma.

ROXY BRASIL pular corda

É importante começar sem pressa, dificilmente uma pessoa comum consiga, na primeira vez, pular mais do que 15 minutos consecutivos. É preciso persistir e saber respeitar seus limites, assim como no surf. O exercício trabalha pernas (coxas, panturrilhas e glúteos), braços e mente, já que você deve se manter concentrada em cada movimento para evitar acidentes – vai exigir a sua coordenação motora.

ROXY BRASIL pular corda

Treinamentos de 15 a 20 minutos, três vezes na semana, podem te fazer perder entre 500 a 800 calorias, com muito entusiasmo! Ajuda também para quem sofre com inchaços e retenção de líquido. Pular corda melhora a capacidade respiratória das surfistas, com o esforço do exercício se refletindo no fôlego dentro d’água – serve também para as praticantes de natação.

A primeira vista, pode parecer bobo ver alguém pulando corda, mas o bem que faz – como você viu, não tem preço. Traz benefícios para o corpo e para a mente, além de que não tem desculpa para não praticar, basta achar um espaço e começar! Se divirtam, garotas! :p

Fonte: Copacabana Runners, Treino Mestre, Dicas para perder peso

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Postado em: Blog

1 comentário



Roller faz bem pro corpo e para a alma!

27 de março de 2015
Roxy Brasil Roller faz bem pro corpo

Você lembra bem de quando era criança e vivia brincando na rua, não é? Não existia nada melhor do que passar horas com as amigas inventando mil e uma brincadeiras. E o melhor, vocês eram todas lindas, alegres e sem querer, cuidavam da saúde! Pois uma moda da infância voltou com força total: o roller – ou patins!

Há tempos que avistamos jovens, não mais crianças, com seus novos rollers ou patins – o que diferencia é a posição das rodas -, andando pelas ruas e ciclovias das cidades metropolitanas. A maioria delas, procura atividades ao ar livre, de forma mais descontraída do que nas grandes academias.

É grande o número de pessoas que prefere atividades físicas ao ar livre, de forma mais descontraída do que nas grandes academias.

Roxy Brasil Roller faz bem pro corpo

Fomos atrás dos benefícios desta prática para você ficar por dentro e não sair do ritmo de uns anos atrás. Andar de roller, além de trabalhar várias partes do corpo, como os músculos dos membros inferiores, abdome e glúteos, também exercita o equilíbrio e o pensamento rápido – uma vez que muitos andam nas ruas, ao lado do trânsito de pedestres, bicicletas, carros e ônibus.

Roxy Brasil Roller faz bem pro corpo

Só pela possibilidade de cuidar da saúde, se exercitar e ainda contemplar a natureza, esse esporte já seria ótimo por si só. Mas e se você soubesse que, a cada hora de pura diversão, você pode perder de 500 a 800 calorias? Maravilha, não é?

Roxy Brasil Roller faz bem pro corpo

Não esqueça de usar os equipamentos de segurança, entre eles: capacete, joelheira, cotoveleira e  um protetor para o pulsos. Se você não patinava quando criança e não tem muita prática, não tem problema, comece devagar, procure um corrimão ou alguém que possa ajudar no seu equilíbrio. Perca o medo de cair e se divirta! ;)

Fonte: Corpo perfeito, Natue

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Postado em: Blog

0 comentários